segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Momentos

Momentos

Instantes de silêncio no coração,
Levando a mente ao imaginário
Do momento a sonhar com amor,
O muito esquecido na fusão do não.

Na tranqüilidade do momento,
A mente vagueia pelos sonhos
Em busca da emoção que incendeia
A razão, dando sentida a vida.

Mas, de repente a mente,
Sente o amor chegando mansamente
Trazendo consigo a ternura do instante
Enternecendo o coração lentamente.

No momento imaginário do amor
Que neste instante está na mente,
Coração suspira de puro prazer
Por saber que o amor se faz presente.

Assim sendo, a emoção.
Flui livremente nesse momento,
Sem pensar em nada
Além do amor sentido no coração.

Depois desse instante imaginário,
A mente volta à fria realidade
Morbidamente sem pensar,
Descobrindo que o instante
Foi somente um árido momento.

Lucimar alves

Um comentário:

Denise disse...

TEU BLOG E TEUS POEMAS SÃO LINDOS.

CONHECES ESTE SITE?
http://recantodasletras.uol.com.br/

DEVERIAS DIVULGAR TEUS POEMAS LÁ.É GRATUITO.

[]DENISE

 
eXTReMe Tracker