sábado, 23 de fevereiro de 2008

Eflorescência do Amor


Eflorescência do amor

Amor revestido no prazer,
Fluindo do coração,
Feito água corrente.
Deixando escapar no peito,
Um suspiro fundo com jeito,
Da paixão desabrochando
De puro prazer.

Coração vibra nesta hora,
Ao ritmo da paixão.
Por conta do prazer sentido por ora,
Na pele que queima feito brasa quente,
No ardor do prazer do amor,
Com paixão na hora de amar.

Amor transbordando de desejo
No coração que só almeja,
Sentir o doce delírio da louca paixão.
Transpassando o coração
No lusco fusco do prazer explodindo no peito,
No puro desejo da eflorescência do amor.

Lucimar Alves

Um comentário:

OFICINA DE MUSSA RAJA disse...

Alo, aqui tdo bem, gostei do seu blog, prometo visistar mais vezes.
assim o meu coracao vai aumentar a vibracao.

 
eXTReMe Tracker